About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

domingo, 24 de outubro de 2010

Corcel Encantado


Pequeno cavalo castanho
Relvando num campo, inocente
Faz lembrar-me docemente
Dos felizes dias que vivi junto a ti.
Dos galopes de alegria
Os ventos de fantasia
As selas de sonhos
O gosto do caqui
Leva para sempre
Essa minha lembrança
De criança
Que nunca te esqueci
Alado, vá ao céu
E volte me contar depois
Desse azul, dessa paz,
Meu algoz

0 comentários :

Postar um comentário