About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Pessoas de verdade



Aparentemente, eu não sou uma pessoa de verdade. Segundo a lógica do orkut, pessoas de verdade são aquelas que mostram seu rosto em fotos na internet. Pessoas de verdade são as que contam seu nome e exibem sua foto para todo mundo.
Parece existir um consenso sobre as pessoas horríveis que usam perfis falsos ou escrevem anonimamente. As pessoas acreditam piamente que saberem se os olhos de quem estão conversando são castanhos, azuis ou verdes interfere completamente com a credibilidade do que está sendo escrito.
Sim, convenhamos, há muitos pedófilos e seres tão ou mais desprezíveis on line, mas a falta de anonimato no Orkut não os afeta. Eles já estão escondidos por outros meios. Então, junta-se a estupidez com a vontade de aparecer. Estupidez de quem acha que um perfil de orkut com foto e nome tem alguma vantagem no quesito honestidade. E vontade de aparecer dos valorosos defensores da moral e dos bons costumes da classe média e alta. As pessoas têm de ser ouvidas com base em suas idéias! Tem muito perfil fake que é muito mais sincero e honesto do que muito perfil de pessoa com foto verdadeira. Não é a foto ou o nome que se põe que determina a sinceridade da pessoa. Ninguém conseguiria mentir 24hs, no orkut ou em qualquer lugar da rede. Uma hora a máscara cairia!
Pessoalmente, não concordo com pessoas que usam orkut para vender drogas, para prostituição e outros fins questionáveis, mas o que realmente dificulta diversão e conversas significativas não são as postagens anônimas em comunidades ou perfis fakes, mas sim essa massa de gente burra, vazia, que só escreve merda. E viva a inclusão digital! Orkut há muito virou um reduto de imbecilóides e adolescentes bobinhos que não tem o que fazer!
Anonimato gera sinceridade, não é essa grande sacanagem que todos pintam. Essa paranóia de gente pequena que faz questão de “mostrar a cara” é contraditória; então, é mais sincero quem coloca uma foto real? Ou será que depois de colocada a foto real, muito pelo contrário, surge a necessidade de ser mais socialmente aceito ao saber que todos de seu dia a dia estarão vendo e julgando, e por isso a sinceridade começa a capengar?
Cansei de ouvir pessoas cheias de si, dizendo que eram verdadeiras só porque colocavam as fotos da facul, do shopis, da dor de barriga das 5! Ah, VSF!
O orkut, assim como outras redes, já foram bons lugares e hoje em dia, perderam o foco inicial. Nesse sentido, os amigos convencionais não conseguem entender que amizades sinceras podem brotar sim, mesmo que sejam entre fakes e que jamais passem da barreira do msn. A identidade de quem escreve pode ser secundária diante das intenções e atitudes que ela expressa através desse fake. Essência é tudo.
Infelizmente, serão necessários muitos séculos para que as pessoas consigam botar o ego de lado e não tomar toda e qualquer opinião como uma afronta ao seu umbigo. E entender que as pessoas podem ser mais sinceras até que elas, mesmo sem mostrar o rosto.

2 comentários :

Maycon Aguiar disse...

Nossa, Kelly, é sempre um texto melhor que o outro! Fantástico você ter decidido fazer o blog, de verdade! Textos tão lindos, tão profundos, não podem, de forma alguma, ficarem guardados, viu? Saudades suas. *--*

Um beijo enorme!

Kelly Phoenix disse...

Obrigada, meu querido! Resolvi tirar tudo da gaveta: o meu amor, a minha revolta, a minha saudade... E, olha, vindo de vc, me sinto lisonjeada, afinal vc sabe que sou sua fã!
Beijão, Maycon!

Postar um comentário