About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Teoria do vazio



Havia um vazio dentro de mim.

Tentei preenchê-lo comendo mais.
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo indo a muitas festas.
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo conhecendo muitas pessoas.
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo realizando inúmeras atividades de forma que o tempo mal me sobrava para as necessidades básicas.
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo com as mais variadas e gostosas compras. Tudo eu comprava, e
Oh!
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo da felicidade falsa dos informes publicitários.
Das manias dos artistas.
Das roupas da moda.
De sensações, de ilusões, de orgasmos.
Ele continuou lá.

Tentei preenchê-lo, por fim, com as balas do revólver do meu pai.
E, por Deus!
ELE CONTINUOU LÁ!

Os buracos de minhalma não serão preenchidos com drogas, falso amor e um número grande de pessoas que se dizem “amigos”. O vazio é existencial e só eu posso contê-lo.
O vazio...
Ele continuou lá.

0 comentários :

Postar um comentário