About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

sábado, 23 de outubro de 2010

Tive que me acostumar



Tive que me acostumar sem seu sorriso fácil
Sem nossas conversas de madrugada
Sem chorar com você
Sem seu abraço carinho
Sem o amor que me alimentava
Cuidar de você...
Tive que me acostumar
Sem pegar na tua mão
Sem os papos no fim de semana
Sem as lágrimas, sem as brigas
Sem o sonho de um futuro bom
Nossos planos
Nossos medos
Nossos pactos
Nossos códigos
E tudo que era só nosso
E sei que o tempo não vai mais trazer
Tive que me acostumar sem as suas covinhas
Seus olhos grandes e interrogativos
Seu jeito infantil, de criança que quer
Desvendar o mundo
Seus jeitos, suas broncas
Seus traços, seus...
Meus...
Nossos...
Eu te amo e sinto sua falta.
Eu queria que você pudesse estar aqui.
Tive que me acostumar sem os nossos dias e eu daria tudo para tê-los outra vez...
Só estou aqui porque AMO VOCÊ.

Feita dia 31/03, 00:33hs para NANDO, SISTRI E DINHA.

0 comentários :

Postar um comentário