About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

domingo, 24 de outubro de 2010

Vida seca


Por que somos tão frágeis?
E a mão que acaricia é a mesma que repudia?
Embala o berço da criança
Dorme agora
Enquanto podes
E que siga a vida lá fora...
Não podem todos os relógios do mundo ter parado?

0 comentários :

Postar um comentário