About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Consternação

              Seu orgulho é maior que seu amor?
Como é cruel esse suplício silencioso
Não saber como fazer as palavras saírem
Estar com o telefone na mão
Mas ter medo de ligar
Medo de quê, afinal?
You can’t lose what you never had.
Disco os números mágicos
E sou fiel ao meu coração?
Ou mantenho-me tal qual estátua inútil
Dando corda ao orgulho?
Seu orgulho é maior que seu amor?
Rego a sementinha que ainda não deu sinais de brotar
Ou mato-a sem que tenha a chance de manifestar-se?
Me abandono aos mesmos tolos erros do passado
Ou ajo, com a plena consciência de que isso também passará?
Apenas viva.
Faça.
Seja.
Aja.
Aconteça.
Já não temos nenhuma esperança de amanhã
É sempre hoje quando ele vem...

0 comentários :

Postar um comentário