About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Eu quero te amar hoje


Quando iniciamos algo, não podemos pensar no ‘se’, ‘quando’ e ‘como’ vai terminar. Às vezes, o medo de estar magoado ao final da relação, nos impede até de começá-la. É aí que estamos começando a morrer.
Viver é um desafio e a coisa mais triste nessa caminhada é se arrepender daquilo que não fizemos.
Eu quero te amar HOJE. Quero que você apóie sua cabeça em meu ombro e se sinta seguro. Chore ou me conte um segredo, se tiver vontade, ou apenas fique em silêncio. Eu vou respeitar qualquer um dos dois.
Eu quero que a gente jogue Mario World (hehehe) ou que tiremos a prova de quem é melhor no Playstation 2. Eu quero que a gente vá na loja de fliperamas do shopping e jogue um contra o outro, apostando beijos com o perdedor. Eu quero que você pegue um ursinho em forma de sapinho pra mim.
E quando estivermos muito entediados, a gente vai saber que basta pegar o telefone para o tédio passar. E quando um ou outro precisar de solidão, esta vai ser respeitada, e terá por companhia apenas o perfume do corpo daquele (a) que o (a) ama.
Quero dar muito mais risadas no cinema; quero sentir sua boca quente junto à minha; quero machucar sua boca com os ferrinhos do meu aparelho só para ter que cuidar de você depois.
E vamos correr por um jardim se atirando com armas de água; brincar de cabracega; correr kart; tudo que a imaginação mandar. Porque HOJE eu te amo, baby, e não quero pensar no amanhã. Apenas não deixe que isso termine.

4 comentários :

edinho disse...

O amor é de fato o sentimento mais sublime que pode haver neste mundo. Mas a paixão é capaz de cegar um ser humano a tal ponto, que uma vez que alguém cai nesta armadilha que é a paixão, acaba com o tempo cedo ou mais tarde percebendo que a paixão pode se tornar uma ilusão, que por sua vez acaba se tornando uma decepção, que mais tarde vem a se tornar em depressão até que finalmente se torna uma total solidão, como uma flôr plantada em meio à imensidão de um deserto!!
Ou seja, tudo o que é movido pela paixão acaba por muitas das vezes tendo um final infeliz.
Mas como a essência e assunto do texto acima é referente ao amor, as experiências podem vir a ser marcantes, pois onde existe amor, existe também emoção, sinceridade, lealdade, prosperidade, contentamento, gratidão e todos os demais igredientes necessários para uma super relação duradoura e próspera. Independente da solidão, o que importa é ter amor no coração. Amor mútuo!!
Fora isto, me encantei com o texto. Me encantei tanto que acabei por comentar à respeito. A tua inspiração em escrever é fascinante Phoenix. Eu diria que é um dom. Que você possa sempre conservar este brilho nas tuas escritas.
Te desejo um feliz natal e ano novo!

Kelly Phoenix disse...

Olá, Edinho!!

É tão gratificante receber comentários como o seu no blog... É para isso que escrevo!
MUITO OBRIGADA PELA SUA VISITA, pelas suas palavras, carinho e sensibilidade!

Um Feliz Natal a você também e um excelente Ano Novo! Volte quando quiser ;D

Anônimo disse...

Ameii demais se identificou comigo. Posta mais que eu vou entra smp aqui bjj ótimo trabalho

Kelly Phoenix disse...

Pode deixar, já estou me disciplinando para marcar mais presença aqui no blog. Beijo, muito obrigada!

Postar um comentário