About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Às vezes, talvez


- Eu sempre achei que iria ser diferente.
- Como assim?
- Ser adulto. A gente iria se sentir diferente, você sabe. Ter certeza de tudo, não errar... Confiança. Plena e total. Você ia se sentir adulto. Um homem.
- Você não se sente assim?
- Às vezes, talvez. Por pouco tempo. Mas, na maior parte do tempo não me sinto muito diferente do que era aos 17 anos. Sempre pensei que um dia eu iria acordar com a sensação de poder resolver tudo, como aqueles pais dos velhos programas de televisão.

0 comentários :

Postar um comentário