About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O garoto que eu quis conhecer



O garoto que eu quis conhecer teve um nobre coração. Era filho amoroso, irmão dedicado, preocupado com a vida e o planeta em que vivemos.
O garoto que eu quis conhecer pensava nos outros antes dele mesmo. Uma alma generosa, um espírito abnegado.
O garoto que eu quis conhecer não se sentia parte desse mundo. Não compreendia o capitalismo, o sistema, a inveja descabida, a louca luta por dinheiro...
O garoto que eu quis conhecer era lindo por dentro e por fora. Possuía aquele brilho inexplicável em seus olhos muito verdes, como se neles houvesse uma verdade que só ele sabia.
O garoto que eu quis conhecer com freqüência entristecia-se com as coisas do mundo. E quando percebia que tanta gente não ligava , ele ouvia Hey, Jude e então se consolava...

“E sempre que você sentir angústia
Ei, Jude, cante o refrão
Não carregue o mundo em seus ombros

E você bem sabe que é um idiota
Quem se faz de indiferente
Deixando este mundo um pouquinho mais frio...”

O garoto que eu quis conhecer não sei descrever. Porque é tão difícil escrever sobre o que sentimos, quem amamos e aquelas coisas guardadas em nossos corações. Para mim parece tão fácil escrever sobre tanta coisa, mas todas de ficção ou hipotéticas. Nas reais, eu patino, e não há muitas linhas com a intensidade, profundidade e forma que elas merecem... Por isso, não posso escrever sobre o garoto que eu quis conhecer, River Jude Phoenix.


5 comentários :

Jeferson Cardoso disse...

Kelly, lindo, intenso e deixa um ressoar na cabeça, é como se conhecêssemos um alguém assim também, um alguém não feito pra esse nosso mundo de tanta injustiça... Alguém feito pra um mundo melhor que não ainda esse o é... Abraço amigo do blogueiro visitante! Feliz 2012!

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (@JefhcardosoReal)

Kelly Phoenix disse...

Suas palavras se encaixam perfeitamente a ele, e como disse, a tantos outros que conhecemos e parecem ter vindo apenas por um breve tempo, talvez para embelezar um pouquinho mais esse nosso velho mundo, tão cheio de tristezas e remendos... Obrigada pela visita, Jeferson, e um Feliz 2012 pra você também!!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!
- Para sempre ou nunca -

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo

Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Femme disse...

Que lindo, Kell. River é tão, tão, tão... que nos deixa sem palavras. Ele é mesmo inesquecível e o que ele nos provoca é indescritível. Feliz de encontrar alguém que entende o que sinto por River...

Beijos.

Kelly Phoenix disse...

Feliz de saber que não sou a única a ter esse sentimento de reconhecimento e amor puro por ele. Obrigada por tudo que vem me ajudando para a monografia, Femme. Beijos!

Postar um comentário