About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

sábado, 17 de março de 2012

Permita-se



Permita-se entrar em uma lancheria e comer o que lhe agradar sem perguntar antes o preço.
Permita-se jogar coisas no carrinho do supermercado sem ler a tabela nutricional e as calorias.
Permita-se comprar uma roupa que viu na vitrine, provou e se apaixonou.
Permita-se dar um sorrisinho discreto ao ler um recado de alguém que aprecia em segredo.
Permita-se dançar na chuva, permita-se andar naquela bicicleta largada na garagem há 5 anos, permita-se pintar a cara para ir a uma festa junina, permita-se experimentar um ousado corte de cabelo!
Permita-se pegar o telefone e ligar para os contatos daquela agenda que achou perdida atrás da estante!
Permita-se montar um quebra-cabeças com seu sobrinho de quatro anos.
Permita-se sorrir sem motivo.
Permita-se chorar de saudades.
Permita-se ficar mais cinco minutinhos na cama, mesmo sabendo que está atrasado.
Permita-se contemplar sua namorada dormindo em seus braços, sem querer mais do que isso.
Permita-se raspar a panela de brigadeiro.
Permita-se cheirar uma flor, andar descalço, pisar numa poça d’água, sair sem guarda-chuva.
Permita-se sair sem maquiagem.
Ou de chinelo ou com aquele pijamão furado para ir à padaria.
Permita-se escrever uma carta, um poema ou uma música pensando em alguém.
Permita-se ficar descabelada...
Permita-se fazer uma loucura, viajar do nada, pegar um ônibus sem destino.
Permita-se sentir a pele de alguém que mexe com você, experimentar um beijo, permita-se tocá-la e deixá-la te tocar...
Permita-se pensar nele, permita-se ser encontrada, permita-se deixar acontecer...
Viva...!
Viver não é feio, nem vergonhoso, nem imoral, nem é pecado.
Viver é bonito, pode ser mágico, pode ser inesquecível, pode ser especial. Mas, só se VOCÊ TENTAR!!
E viver é se permitir... Muitos passam pela vida, mas poucos se permitem viver...

0 comentários :

Postar um comentário