About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Queria ser cineasta



Podia ter dito astronauta ou pianista. A astronomia e o piano me interessam quase tanto quanto o cinema. Mas, o que sempre quis mesmo, desde menina, foi criar histórias e mostrá-las através dos meus olhos. A literatura cumpre em mim parte desse papel e o cinema me desonra em outra. Nada do que pode ser reproduzido vai, em todos os aspectos, se equivaler ao que é em seu estado puro – ou seja, em minha mente. Mesmo assim, idealizar e imaginar tramas nos seus mínimos detalhes me seduz mais que qualquer coisa na vida e, se pudesse levá-las a toda gente com o sentimento e missão com os quais as tenho dentro , sem dúvida eu me creria um ser menos infeliz.
Minha vida é poesia. Eu poetizo os fatos corriqueiros. Encaixo trilha musical no absurdo e, sinto mesmo, através de muitos. Nenhum personagem é uma criação minha, só a materialização de algo que já existia. Posso ser cavaleiro, herói, maluco. Velho ou moço, sábio ou tolo. Posso ser futuro ou passado, ontem ou agora, infanta ou plebeia. E eu me apaixono em ser cada uma dessas coisas. Todas elas têm a minha alma. Eu não sei ser uma coisa só.
O mundo artístico me seduziu desde criança. Brincava de fazer filmes, faz-de-conta, vivia no mundo da lua e sempre observava mais do que falava em reuniões sociais. Queria ser cantora, atriz, depois escritora, diretora; me frustrei até perceber que já era todas essas coisas e, para isso, não precisava de títulos nem da aceitação de ninguém.
Eu fui um dos garotos em Stand by me e também fui poeta na Sociedade dos poetas mortos. Tive um filho como o Pequeno Príncipe, amei como Tristão e Isolda, respirei como Helena de Tróia. Sou atemporal, criança, artista e espírito. Não tenho casa. Oh, já não sou...

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Meus Quadros

A cabana
Cavalo de Guerra
Sozinha
O garoto (River Phoenix)
Pai & Filho
Chaplin
No Galpão
A Porta
A Cerca