About my Blog

Reflexões, citações, crônicas e extrações sobre filosofia, literatura, espiritualidade, emoções, percepções e sentimentos, e um plus para tudo o que vier na mente.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

No que sou como elas?


Se é verdade que cada defeito que nos incomoda nas outras pessoas tem um correspondente na gente, tem bastante coisa em mim que eu estou procurando.
Estou procurando o meu lado que se intromete onde não é chamado e dá palpite em tudo.
Procuro meu lado que implica, por vezes, pelo puro prazer de teimar.
Estou procurando meu dedo apontado para a jugular dos outros.
Minha opinião nas dietas, cortes de cabelo e decisões das outras pessoas.
Procurando meu arzinho arrogante, crítico de toda obra, como se pudesse, atestadamente, fazer melhor.
Sério, tem pessoas que tomam liberdades que eu também estou procurando em que momento eu permiti que se atrevessem.
Eu não me importo se os outros estão normais ou de perna pra cima.
Muitas vezes, eu me calo, mesmo tendo um puta argumento, somente para não entrar em uma discussão inútil.
Por mais que julgue mentalmente, sou educada o bastante para não dar opiniões que não sejam solicitadas. E quando as dou, o faço com toda prudência.
As decisões dos outros, por mais equivocadas que me pareçam, omitem toda a bagagem e motivações que os levou a tomá-las, por isso respeito.

Mesmo assim, por todos os lados, sempre atraio pessoas com defeitinhos detestáveis, e agora quero perscrutar em mim onde eles estão se escondendo. Se é verdade que somos reflexo dos que nos chegam, deve ser também que seus defeitos deixarão de me incomodar, assim que corrigi-los em mim.

0 comentários :

Postar um comentário